Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

MOVIMENTO DE SERVIDORES PREPARA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES.

O Movimento Unificado de Servidores ( MUS ), uma frente constituida por servidores municipais com o objetivo de suprir as deficiências do Siprosep, realizou nesta sexta feira, dia 18 de março, reunião no auditório da UFF. O encontro teve como objetivo constituir uma pauta de reivindicações a ser encaminhada a prefeita de Campos dos Goytacazes. Foi aprovado, ainda, um ato público no dia 30 de março, no centro da cidade, para conscientizar a população dos problemas vividos pelos servidores.

FUPO VAI AO MP.

A FUPO ( Frente de Unidade Popular ) protocolou nesta terça feira dunúncia no Ministério Público contra termo aditivo de licitação, para renovar contrato de prestação de serviços de manutenção e gerenciamento de pontos públicos de luz no município de Campos dos Goytacazes, com valor de 18.184.256,58 ao ano. Conforme a denúncia, o serviço objeto do contrato, que teve a empresa INOVALUZ GESTORA DE COMUNICAÇÃO URBANA LTDA, sairá a um custo de aproximadamente R$ 432,95 por poste. A argumentação é de que a manutenção de um poste de luz no município do Rio de Janeiro oscila entre R$  9,00 e R$ 10,00, conforme matéria publicada na versão on line do jornal O Globo.
CONVOCAÇÃO PARA OS SERVIDORES MUNICIPAIS

O Movimento Unificado dos Servidores públicos municipais (MUS) convida a todos os servidores públicos do município de Campos dos Goytacazes para a reunião, que se realizará no dia 18 de março de 2011 (18/03), às 18:00h, no auditório da Universidade Federal Fluminense – UFF, situada à rua José do Patrocínio n° 71 ( próximo ao parque da Alzira Vargas ). Na ocasião serão tratados assuntos referentes à valorização profissional de todos os servidores municipais, e será construída – coletivamente – a pauta de reivindicações de todos os servidores, que será enviada a Srª Prefeita do município.

MOVIMENTO UNIFICADO DE SERVIDORES

ENTENDENDO OS TERREMOTOS NO JAPÃO.

Vimos na postagem abaixo os mecanismos gerais que levam à ocorrência de um terremoto. Pois bem, o Japão está situado exatamente numa região de convergência entre duas placas tectônicas: a placa Euroasiática e a do Pacífico. Esta, formada quase completamente por crosta oceânica, é mais densa que a placa Euroasiática, por ser uma crosta continental. A densidade das crostas oceânicas é maior em função das rochas que as constituem, formadas em ambientes de rápida cristalização do magma, pelo resfriamento rápido, tendo em vista o contato imediato com temperaturas mais baixas que as encontradas no interior da Terra. Geralmente, rochas extrusivas ou vulcânicas, como também são chamadas as rochas formadas pelo resfriamento do magma fora do interior da Terra, possuem elevados teores e ferro e magnésio, sendo classificadas como máficas ou ultramáficas. As rochas da crosta continental, ao contrário, são siálicas, ou seja, ricas em silicatos de alumínio. Dessa forma, com a expansão do assoalho o…

ENTENDENDO OS TERREMOTOS.

A crosta terrestre é partilhada em cerca de 12 fragmentos, denominados de placas tectônicas, que se movimentam sobre a astenosfera, que é uma camada constituida por magma fluido. O lento movimento destas placas, da ordem de alguns centímetros por ano, produz tensões que se acumulam em diversos pontos, principalmente próximos às suas bordas. Quando a intensidade dessas tensões supera a resistência das rochas que compõem as placas, determinada por seu grau de plasticidade, elas se rompem liberando a energia acumulada, que se propaga pela crosta em todas as direções por meio de ondas, denominadas ondas sísmicas ou vibrações sísmicas. As ondas sísmicas são classificadas em primárias, com vibrações paralelas à direção de propagação, e ondas secundárias, com vibrações perpendiculares ao sentido da propagação. Uma vez que as ondas primárias se propagam melhor que as secundárias em meio sólido, elas são sentidas primeiro. Daí geralmente os tremores ocorrerem em mais de um intervalo de tempo. …

ABALOS SÍSMICOS NO JAPÃO.

A recente instabilidade na área de encontro das placas tectônicas asiática e do pacífico, responsável por tremores de terra  nesta semana na Ásia, resultou em um terremoto de 8,9 graus na escala Richter no Japão. O terremoto, que teve início às 15:00 horas, horário local, foi o maior da história do Japão e o sétimo do mundo, segundo a imprensa internacional, com  epicentro a cerca de 130 km a nordeste do litoral do arquipélago, e hipocentro a aproximadamente 24 km da superfície. O que resultou num tsumani com ondas de aproximadamente 10 metros de altura, que atingiu a ilha. Até agora, já foram contabilizadas 500 mortes. Foram registrados também tremores na China, com intensidade de 5,8 graus, com cerca de 25 mortes e mais de 200 feridos. 








































IMAGENS:app.exame.abril.com.Br;                capitanbado.com;                japaoemfoco.com;                saiunojornal.com.Br;                internetar.com

PÃO E CIRCO, A VELHA POLÍTICA DE EXCLUSÃO.

A Prefeita Rosinha Garotinho inaugurou na semana passada a quadra de basquete em baixo da ponte do estado,  próximo à avenida Alberto Torres. Como sempre, foi uma festa. Pena que os campistas, mais uma vez, não puderam participar dela. Porque enquanto a Administração municipal continua inaugurando quadras e pracinhas, o município continua com aproximadamente 90 % de suas residências sem acesso à rede de esgoto, com todo os problemas de saúde pública que isso acarreta. Se isso não bastasse, num dos município mais ricos do país, cujo orçamento beira aos dois bilhões de reais, continuamos com uma saúde sem qualidade, com carência de vagas em algumas especialidades e exames; além de continuarmos obtendo médias deploráveis nos exames de medição da qualidade do ensino fundamental, de responsabilidade do município. Continuamos com índices de qualidade de vida semelhante às das regiões pobres do Nordeste brasileiro e nossa população subempregada, com baixa remuneração. Além disso, continuamo…

LIÇÕES QUE NOS VEM DO ORIENTE MÉDIO.

As recentes revoltas no Oriente Médio têm alguns pontos controversos, principalmente quando se observa a satisfação com que a grande mídia mundial e os governos usurpadores as tem olhado. Considerando as históricas intervenções veladas na região, com o fim de manter a dominação, são, no mínimo, estranhas. Como se diz na gíria popular: Embaixo desse angú tem caroço. Mas mesmo assim elas têm algumas lições para nós do Brasil. Manipuladas ou não por potências estrangeiras, não se deve menosprezar seus feitos. De certa forma, são elas que estão derrubando as várias ditaduras da região, várias delas de décadas. Isso mostra que não se faz mudanças efetivas numa sociedade qualquer sem uma revolução de fato. Semelhante ao Oriente Médio, temos no Brasil uma ditadura, disfarçada mas não menor que a de lá, de quinhentos anos. Uma ditadura que escraviza a maioria da população, enquanto uma minoria privilegiada se beneficia de toda a riqueza produzida no país. Que concede migalhas à população esfarr…

PIB GRANDE, PAÍS POBRE.

O PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil cresceu 7,5 % no ano passado, segundo o IBGE, elevando o país à condição de sétima economia do mundo. Mas essa é uma notícia que interessa somente aos donos dessa nação, que serve somente para os deleites dos escravizadores dessa nação de miseráveis. Porque, enquanto isso, na contramão da elevação da riqueza, nossa Feitora concede espúrios R$ 5,00 de aumento. Prova inequívoca de ser uma falácia, uma mentira, o que ouvimos há quinhentos anos: Primeiro crescer o bolo para depois dividi-lo. Pois bem, o bolo cresceu, mas continuamos com a distribuição de renda mais iníqua do planeta !
FOTO:sandromeira12.wordpres

FUPO REALIZA ATO EM DEFESA DA CULTURA LOCAL.

A Frente de Unidade Popular realizou na tarde desta terça-feira, dia 01 de março, mais um ato contra os desmandos dos coronéis de nosso município. Denunciando a falta de investimento na cultura, principalmente a local, o ato lembrou os espaços públicos abandonados, que têm servido para a degradação humana e à criminalidade, como o teatro de arena no parque Alberto Sampaio. Bem como os gastos exorbitantes na construção do CEPOP, Centro de Eventos Populares Osório Peixoto. O ato foi também um protesto contra a arbitrariedade na transferência do Carnaval campista para o meio do ano. O representante do núcleo do Psol em Campos, Erik Shunk, lembrou que assim como nas demais áreas de interesse social, como saúde e educação, a cultura não tem recebido o devido investimento por parte da Administração municipal. Ao contrário, tem sido apropriada pelos que se sentem senhores da população para atender a interesses escusos. Já a presidente do PCB, Graciete Santana, lembrou os ícones da cultura loca…

MOVIMENTO UNIFICADO DE SERVIDORES.

SERVIDOR, DIA 18 DE MARÇO TEM REUNIÃO PARA DISCUTIR PAUTA DE SEU INTERESSE. jUNTE-SE A NÓS, "O CORDÃO DE TRÊS DOBRAS NÃO SE ROMPE COM FACILIDADE!"

AGUARDEM A DIVULGAÇÃO DO LOCAL NESTE ESPAÇO.