Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009

HINO NACIONAL NAS ESCOLAS.

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou lei que torna obrigatório a execução do hino nacional brasileiro nas escolas públicas e privadas de nível fundamental pelo menos uma vez na semana. A medida, certamente, visa tentar aumentar nosso sentimento de cidadania e algum orgulho por sermos brasileiros, algo que parece estar em baixa em razão de tamanha quantidade de desmandos e pilantrisse país afora. Não questiono o mérito da ação, mas com certeza seria muito mais acertado se as autoridades desse país se preocupassem também em pôr fim no que mais nos causa vergonha: a cafajestisse de políticos, a impunidade dos ladrões do dinheiro público enquanto os pobres "ladrões" de galinhas são prontamente trancafiados e a despudorada desigualdade social a que são submetidos milhares de (des)cidadãos brasileiros, enquanto uma ninharia de privilegiados se esbaldam nas regalias do poder.
No dia em que isso ocorrer, sim, teremos orgulho de sermos brasileiros.


FONTE DA IMAGEM: www.…

PONDERAÇÕES.

Fico estarrecido cada vez que vou à câmara municipal. Hoje, para não fugir à regra, o mesmo sentimento me veio ao exercer um de meus deveres e direitos de, cidadão?
É incrível o empenho de nosso legislativo em torno de temas sem a menor relevância para nossa população, como se as coisas estivessem às mil maravilhas. Sem falar no fato de a câmara ter praticamente se tornado um templo a alguma entidade metafísica, e de vereadores usarem a tribuna para defenderem coisas completamente sem nexo. Na sessão de hoje, o vereador Vieira Reis afirmou categoricamente que empregaria quantas pessoas pudesse, dando a entender que no serviço público municipal, uma vez que o pano de fundo era a reclamação do vereador Albertinho com as críticas por indicação sua a um determinado cargo de DAS, feitas pelo vereador Marcos Bacelar. Não sei, mas acho melhor o nobre vereador se empenhar no desenvolvimento sócioeconômico de nosso município, de modo a dar dignidade a seus cidadãos e torná-los livres do cabi…

INSATISFAÇÃO!

Esse é o sentimento vivido pelos funcionários do Hospital Geral de Guarus(HGG), que,decepcionados com os rumos tomados pela nova administração, se reuniram no dia de hoje, às 17:00h, no auditório da Fundação Geraldo da Silva Venâncio/HGG.
São vários os problemas vividos, que vão desde a falta de condições dignas para trabalho, conforme reclamado pelos próprios funcionários, o que se verifica, por exemplo, na escassez de copos descartáveis para se beber água, na deficiência dos repousos dos plantonistas e na recente suspensão do fornecimento de refeição, como lanche e ceia, inclusive, também, para os plantonistas, até casos de verdadeiro assédio moral, como relatado por uma médica do setor de emergência. Na reunião, que contou com a presença do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais de Campos (SIPROSEP), ficou definido a realização de uma assembléia da categoria na próxima segunda-feira, dia 28 de setembro, às 16:30h, na sede do sindicato, onde será definida a pauta…

CARTÃO CIDADÃO.

É um absurdo a forma como está sendo tratada as pessoas que têm se dado ao trabalho de irem buscar o tal cartão cidadão. Melhor fosse chamado cartão des-cidadão. É uma tremenda falta de organização em todo o processo, mas, sobretudo, na entrega. Uma enorme falta de informação e a prevalência do disse-me-disse. Os cidadãos desse município, principalmente os idosos, estão sendo feitos como bola de pingue-pongue, sendo jogados daqui para lá. No dia de hoje, houve pessoas que foram ao jardim são benedito afim de pegarem o referido cartão, mas, chegando lá, foram informadas que estava sendo entregue no automôvel club.
Do jeito que está, sou obrigado a pensar que todo o processo está sendo organizado por, no mínimo, amadores.

TODA FARINHA PRO MEU PIRÃO.

O Brasil é um país que tem uma situação social bem definida: À maioria da população cabe somente o direito (obrigação?)de trabalhar, e, à uma minoria privilegiada, o "fardo" de receber a riqueza produzida. É como se o feudalismo, com sua relação social característica entre senhor e servo, que vigorou até aproximadamente a primeira metade do século XVIII, se mesclasse no Brasil com algumas práticas capitalistas.
Há anos que ouvimos as elites encasteladas no poder dizerem que é preciso o "bolo" crescer para depois reparti-lo, mas não especificam que tamanho ele tem que ter para se repartir. Continuamos a ser um dos países com a mais despudorada distribuição de renda do planeta, a ponto de, aproximadamente, 10 por cento dos mais ricos reterem quase que a totalidade da renda produzida no Brasil. Em uma sociedade com distorções iguais às por aqui encontradas, com milhares de pessoas que vivem abaixo da ja baixa linha de pobreza e onde a tão funesta globalização prod…

MARCO REGULATÓRIO DO PRÉ SAL.

O alvoroço do momento no círculo político de nossa região e, por que não dizer, entre os cidadãos, ocorre em função da intenção, por parte do governo federal, em mudar as regras no pagamento dos Royalties do petróleo e Participação Especial (PE).
Se o projeto for à frente, os municípios do norte do estado do Rio de Janeiro que encabeçam a lista dos que mais recebem esses recursos, dentre eles Campos dos Goytacazes, terão perdas consideráveis. O que acarretará impactos enormes em seus orçamentos. Essa é uma questão que há tempos vem sendo abordada por especialistas membros da comunidade acadêmica mas ridicularizados pela maioria dos políticos locais. Houve, inclusive, candidato nas eleições passadas que afirmou ser praticamente impossível ocorrer tal mudança. O problema, em especial para Campos dos Goytacazes, é que em anos de estrondoso orçamento não pudemos ver, a não ser os escândalos de desvios, seus resultados em favor da melhoria da qualidade de vida de nossa população.
Passou …